Flutuantes Passeios

Danielle Lins

Textos


O Tanto Que Eu Sinto

Eu sinto demais,
Porque vejo perfeição na imperfeição.
O que eu acho lindo
Às vezes é só bonito,
Mas ser só bonito é lindo pra mim!
Eu sinto demais,
Porque vejo o defeito como complemento
De uma qualidade que é sempre superior.
O mal é simples condição
Para a existência do bem!
Eu sinto demais...
E não me engano.
Apenas amo porque amo!

Rio/Agosto/2000
Danielle Lins
Enviado por Danielle Lins em 27/08/2006


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Seguir @daniellewheelys