Flutuantes Passeios

Danielle Lins

Textos


Amigas

Cada uma cuida da sua vida.
E a vida é uma longa estrada...
Os seus pontos que foram de partida
Ainda serão os meus de chegada.
Você lá na frente e, entre nós,
Tanto chão ainda para eu pisar!
Suas mãos já desataram tantos nós!
Já as minhas... Tantos nós a desatar...
E a gente vai seguindo esse caminho
Tão distante uma da outra, e, ainda assim,
Eu lhe sinto aqui tão perto, tão juntinho,
Ao meu lado, caminhando junto a mim...
É que todas as distâncias que existem,
De espaço, de vivência, de razão,
As distâncias se anulam, não persistem,
Quando o que está unindo é o coração.
E é isso que eu chamo de amizade...
Essa força linda entre nós,
Essa coisa de estar junto de verdade,
Mesmo estando um pouco longe, um pouco a sós...

Rio/Junho/1998
Danielle Lins
Enviado por Danielle Lins em 04/08/2006


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Seguir @daniellewheelys