Flutuantes Passeios

Danielle Lins

Textos

Ah, o amor!
Tudo lindo no amor
tudo incrível e sem dor
tudo sempre encantador...

Até que o amor cresce
E nada mais esquece
De na vida complicar...
Até que a dor aparece
E nosso peito padece
De um eterno palpitar...

Ah, o amor!
Impossível viver sem
É preciso ter alguém 
Que se possa odiar...
Porque amor é raiva pura
Transbordando de ternura
E vontade de abraçar...

Anaheim, 12/06/2015.
Danielle Lins
Enviado por Danielle Lins em 13/06/2015
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria de Danielle Lins - www.daniellelins.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Tela de Claude Monet
Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Seguir @daniellewheelys